Para discutir Geopolítica

Manobras militares dos Estados Unidos e da Coreia do Sul preocupam a China

O governo chinês disse hoje que "não aceitará provocações", tendo em vista manobras militares conjuntas entre os Estados Unidos e a Coreia do Sul, que deverão durar até o fim de abril. "A Coreia do Norte reagiu energicamente [contra as manobras] e a China também está preocupada", destacou o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Hong Lei.

Hong recordou que a China "está geograficamente próxima à península coreana" e assegurou que Pequim se "opõe com firmeza a qualquer ação que gere problemas". "Apelamos a todas as partes para que mantenham a calma e contenção, não se provoquem mutuamente, nem elevem a tensão", disse.

Questionado sobre a reação da Coreia do Norte, que ameaçou com "ataques preventivos", face aos exercícios militares entre Seul e Washington, Hong limitou-se a responder que a "península coreana é complexa e complicada". Sobre as sanções aprovadas recentemente pelas Nações Unidas contra a Coreia do Norte, o porta-voz chinês assinalou que o objetivo é evitar novos ensaios com mísseis balísticos e nucleares e que "não afetam o povo [norte-coreano], nem o seu bem-estar ou necessidades humanitárias.

"Todos devemos pôr em prática a resolução, mas não exagerar ou ignorar alguns dos seus aspectos", afirmou, assegurando que a China - principal parceiro comercial da Coreia do Norte - cumprirá fielmente as medidas aprovadas pela Organização das Nações Unidas. Hong reiterou, ainda, a preocupação de Pequim com a possibilidade de os Estados Unidos instalarem o sistema antimísseis Thaad na península coreana. O escudo "aumentará as tensões regionais, afetará o equilíbrio na região e minará a segurança estratégica da Rússia e da China", apontou.

Fonte: Empresa Brasil de Comunicação S/A - EBC - Intertítulo nosso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MEC vai oferecer 80 mil vagas de residência pedagógica em 2018

Tiros em escola de Goiânia provoca pânico no Colégio Goyases

Parabéns professores!