Região Sul

Sul
Área – 577.214,0 km² (6,75% do território nacional).
Estados – Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.


CARACTERÍSTICAS
A menor região em superfície. O clima subtropical, exceto no norte do Paraná (tropical), caracteriza-se pela diversidade de temperaturas – mais baixas e com nevascas, nos planaltos, e elevadas, nos Pampas. A vegetação acompanha essa variação, com matas de araucárias (pinhais) nos planaltos, e os campos nos pampas. Os rios de menor porte correm para o mar: são eles o Jacuí (RS), o Itajaí e o Tubarão (SC). Os demais (Iguaçu , Ivaí) desaguam na bacia do Prata . A região possui grande potencial hidrelétrico graças ao volume do débito de águas do rio Paraná (Itaipu). O relevo é dividido em três partes.

Planície Platina ou Pampa – Terrenos sedimentares e ondulados (coxilhas), no interior, e lagoas de restingas, no litoral.

Planalto Atlântico – Terrenos cristalinos próximos ao litoral, que se estendem do Paraná ao norte do Rio Grande do Sul.

Planalto Meridional – De formação vulcânica com rochas basálticas, situa-se no interior. Subdivide-se em Depressão Periférica (estreita faixa de arenitos a oeste do planalto Atlântico) e planalto Arenito-Basáltico, que se estende até o rio Paraná, formando degraus cujas bordas são as chamadas cuestas.

POPULAÇÃO
Possui 22.653.700 habitantes, equivalentes a 14,95% da população do país. A densidade demográfica é de 39,24 hab./km², com maioria urbana (74,1%). Influências da imigração açoriana, alemã e italiana.

ECONOMIA
A base inicial da agropecuária capitaliza recursos e permite a implantação, nas últimas décadas, de um ativo parque industrial com centros nas áreas metropolitanas de Porto Alegre (RS) e Curitiba (PR). A agricultura comercial caracteriza-se pelo uso de boa técnica aplicada às principais culturas: trigo, soja, arroz, milho, feijão e tabaco. A pecuária se destaca nos Pampas, com rebanhos de linhagens européias (hereford, charolês). A suinocultura é praticada no oeste de Santa Catarina e do Paraná, em associação com o cultivo de milho para ração. O extrativismo explora a madeira de pinho, no Paraná, e o carvão mineral, no sul de Santa Catarina. Destaca-se, ainda, o oeste catarinense, com grande concentração de frigoríficos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que as pessoas vão pesar um quilo menos com o eclipse?

Escolas já podem escolher livros didáticos que serão utilizados no ano que vem

Ricos devem pagar por universidades públicas?