Nova Anã Marrom é descoberta

Imagem
Nova anã marrom é encontrada pela NASA através de um projeto de astronomia amadora.
A Nasa mantém vários projetos e um deles é formalmente conhecido como WISEA J110125.95 + 540.052,8. O nome é estranho, parece mais uma senha boa para redes sociais, mas trata-se de um projeto onde voluntários ajudam na descoberta de novos corpos celestes.
Rosa Castro terapeuta durante o dia e astrônoma amador, se juntou ao projeto de ciência cidadã Backyard Worlds: Planet 9, financiado pela NASA (esse do nome estranho). Em sua casa, de noite, terminou seu jantar, abriu seu laptop, e descobriu um novo objeto que não era nem planeta nem estrela.  Ela iria se tornar um dos quatro voluntários para ajudar a identificar primeira anã marrom do projeto mantido pela Nasa.
Tem cerca de duas décadas desde que os pesquisadores descobriram as primeiras anãs marrons, e que a comunidade científica abriu os olhos para esta nova classe de objetos entre estrelas e planetas.
Embora sejam tão comum como estrelas e forma …

Armagedom: asteroide chamado Bennu pode um dia atingir a terra.

Nasa vai explorar asteroide que, em 2135, pode atingir a terra

Um asteroide chamado Bennu pode um dia atingir a terra. É possível que ele guarde o mistério da origem da humanidade.



Descoberto em 1999, o 101955 Bennu tem aproximadamente 500 metros de diâmetro e orbita o sol a uma velocidade de 100 mil quilômetros por hora. Infelizmente, a órbita do asteroide coincide com a do planeta terra a cada 6 anos, o que significa que ele pode, um dia, colidir com a terra.

"A aproximação [do asteroide com a terra] no ano 2135 ajustará a órbita de Bennu, potencialmente colocando-o em curso de colisão com a terra naquele século", diz Dante Lauretta, professor de Ciência Planetária na Universidade de Arizona.

Para se preparar melhor para este evento potencialmente apocalíptico, a Nasa, a agência especial dos Estados Unidos, enviará uma nave espacial Osiris-Rex para coletar uma amostra do asteroide.

"[A missão] é a chave para a nossa busca por produtos orgânicos no Bennu", disse Lauretta, de acordo com um comunicado da Nasa.
Mas a missão é mais do que evitar Armageddon. De acordo com Lauretta, a missão Osiris poderia ajudar a humanidade a compreender melhor suas próprias origens.

"Acreditamos Bennu é uma cápsula do tempo desde os primórdios de nosso sistema solar", disse Lauretta ao canal ABC News. "Assim, a amostra pode potencialmente conter respostas para uma das perguntas fundamentais que os seres humanos fazem: “de onde viemos, qual a nossa origem?”.

Por enquanto, não há nenhuma razão de pânico. O Bennu tem apenas uma chance em 2.700 de colidir com a terra entre 2175 e 2196.

Fonte: EBC

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corrente exagera ao comparar remunerações de professores e políticos

Nota da CNTE contra a BNCC

O desenvolvimento do Sahel