Nova Anã Marrom é descoberta

Imagem
Nova anã marrom é encontrada pela NASA através de um projeto de astronomia amadora.
A Nasa mantém vários projetos e um deles é formalmente conhecido como WISEA J110125.95 + 540.052,8. O nome é estranho, parece mais uma senha boa para redes sociais, mas trata-se de um projeto onde voluntários ajudam na descoberta de novos corpos celestes.
Rosa Castro terapeuta durante o dia e astrônoma amador, se juntou ao projeto de ciência cidadã Backyard Worlds: Planet 9, financiado pela NASA (esse do nome estranho). Em sua casa, de noite, terminou seu jantar, abriu seu laptop, e descobriu um novo objeto que não era nem planeta nem estrela.  Ela iria se tornar um dos quatro voluntários para ajudar a identificar primeira anã marrom do projeto mantido pela Nasa.
Tem cerca de duas décadas desde que os pesquisadores descobriram as primeiras anãs marrons, e que a comunidade científica abriu os olhos para esta nova classe de objetos entre estrelas e planetas.
Embora sejam tão comum como estrelas e forma …

Professor brasileiro tem salário 50% menor que a média mundial, aponta OCDE



Fonte: Rede Brasil Atual

Diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio, afirma o Brasil perdeu a capacidade de valorizar a representação do professor.



A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) revelou ontem (15) o relatório "Um Olhar sobre a Educação 2016", em que aponta que os professores da rede pública do ensino fundamental e médio do Brasil têm uma remuneração menor que a metade da média salarial dos países-membros da OCDE.


Em sua coluna na Rádio Brasil Atual, o diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio, afirma o Brasil perdeu a capacidade de valorizar a representação do professor. "Isso mostra que há distorção do nosso sistema. O relatório também mostra que os professores brasileiros trabalham 42 semanas no Brasil, enquanto em outros países os docentes têm uma jornada de trabalho de 37 semanas anuais."

Clemente ressalta que além da má remuneração, os professores enfrentam problemas com a precária estrutura das escolas. "Além disso, há a péssima condição em muitas escolas, o que dificulta enfrentar os desafios de educar as crianças. Esse relatório também aponta que ainda temos um longo caminho a percorrer para termos uma educação adequada e coerente com o projeto em desenvolvimento no Brasil."

Por outro o lado, o estudo aponta que os docentes universitários no Brasil têm os salários equiparados à média dos países analisados pela OCDE. "O salário de um professor de universidade chega a ser mais alto do que de países desenvolvidos", aponta Clemente. Segundo o OCDE, a remuneração dos brasileiros é superior ao salário na Finlândia, Noruega e Suécia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corrente exagera ao comparar remunerações de professores e políticos

Nota da CNTE contra a BNCC

O desenvolvimento do Sahel