País que se tornou independente há 38 anos pode ser engolido pelo mar

Caption: The central pacific island of Tarawa in Kiribati. Foto: Reprodução
Você já imaginou morar em um lugar sabendo que em algumas décadas esse lugar vai desaparecer do mapa?
Pois é…. os cerca de cem mil moradores de Kiribati, país que se tornou independente no dia 12 de julho de 1979, vivem essa situação…
Formado por um conjunto de ilhas e atóis de coral, espalhados em 800 quilômetros quadrados no oceano Pacífico, Kiribati corre o risco de ser engolido pelo mar por causa de uma série de problemas ambientais ligados ao aquecimento global.
O país tem 3 grupos de ilhas: as Gilbert, as Fênix e as Espórades Equatoriais. Bairiki capital de Kiribati fica no atol de Tarawua.
Localizado na altura da linha do Equador, Kiribati tem clima quente o ano inteiro. A pesca sustentável do atum movimenta e economia do país, que detém 60% do que resta da pesca de atum no Pacífico.
Quase toda a população vive nas ilhas Gilbert em aldeias tradicionais. E lá se fala o Inglês e o Gilbertês. A maioria da população é cristã.
Kiribati tem ilhas nos 4 hemisférios: norte, sul, ocidental e oriental. E é o país mais adiantado em questão de horário, é lá que o ano novo chega primeiro..
Em 2000, a Ilha Caroline, foi o primeiro território do mundo a entrar no terceiro milênio.. Por isso foi batizada de Ilha do Milênio pela imprensa internacional, que tomou conta da ilha na ocasião para registrar o fato.
As ilhas de Kiribati ficam, em média, a dois metros acima do nível do mar. E segundo previsões de cientistas, os oceanos vão subir entre um metro e meio e um metro e oitenta em menos de noventa anos.
Segundo o Banco Mundial os países ilhas do Pacífico estão entre os mais vulneráveis às mudanças climáticas e também mais sujeitos a enchentes, terremotos e ciclones tropicais.
Diante do perigo iminente, o ex-presidente de Kiribati, Anote Tong, comprou, em 2014, terras nas Ilhas Fiji para transferir a população para lá caso seja necessário. Em fóruns internacionais, Tong diz que lutará para manter a Nação no mesmo lugar. E pede o apoio de todos para frear o aquecimento global.
Fonte: EBC

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

70 milhões de anos em 2 minutos: a formação do Himalaia

ACORDO DO CLIMA: OS DESAFIOS PARA O BRASIL

DAVID HARVEY: 9 LIVROS PARA DOWNLOAD