Por que as pessoas vão pesar um quilo menos com o eclipse?

Convite: Inscreva-se em nosso canal do Youtube
Na próxima segunda-feira (21), um eclipse total do sol será acompanhado com muita expectativa por cientistas e observadores do mundo inteiro.

Em 21 de agosto, um Eclipse Solar total será exibido nos Estados Unidos; em parte na América Central e no norte da América do Sul e Europa.


O eclipse começará às 11h46 horário dos Estados Unidos, embora tudo dependa do país ou da localidade em que se situa.

O que é um eclipse solar total?

Foto: reprodução

O eclipse solar é um fenômeno astronômico que ocorre quando a lua se interpõe em frente ao Sol e isso faz com que a estrela não seja visualizada.


No caso de ser "total" em alguns lugares, o Sol está completamente obscurecido pela Lua, porque, por uma chance cósmica, eles estão a uma distância justa com o diâmetro adequado para que seus tamanhos sejam iguais.


O eclipse total quando o Sol pode ser completamente visualizado é reduzido a um anel de luz que circundará a Lua, enquanto em outros lugares que serão observados de forma "parcial", o Sol tem parte de sua circunferência coberta.

Por que as pessoas vão pesar um quilo menos com o eclipse?


A administração da Agência Espacial Americana (NASA) explicou que a força gravitacional do planeta será afetada pela posição da Lua, entre a Terra e o Sol.



Este fenômeno permite que em 21 de agosto a lei da gravidade afete o peso das pessoas, por a Terra estar a 151,4 milhões de quilômetros do Sol e a Lua estar a 365.649 km da Terra ocasionará um fenômeno que causará a redução de cerca de 0,77 quilos nas pessoas.



Embora o valores mudem proporcionalmente de acordo com o peso da pessoa, muitos poderão "curtir" seu quilo a menos por alguns instantes.


Onde você pode ver o eclipse solar?

O eclipse na próxima segunda-feira será exibido de forma "total" nos Estados Unidos, que começará na costa do Oregon e culminará de forma "parcial" na costa da Carolina do Sul no final do dia.


Na América Latina, sua visualização dependerá de cada país, no Brasil, será escurecido em 40% em algumas áreas e durará cerca de duas horas. A Colômbia será um dos melhores lugares para vê-lo, porque atingirá um 51 por cento de escurecimento do sol, especialmente nas cidades de Riohacha e La Guajira.

Enquanto a Guatemala será observada em 40%, o México, 38% da escuridão, Peru e Equador verá muito pouco apenas cinco e nove por cento, respectivamente.


Por sua vez, Porto Rico viverá um espetáculo que não foi visto há 20 anos, com um escurecimento de 80% e na Venezuela será visto em 52,9% da escuridão na capital, que começará a partir de 15:45 hora local e terminará às 16:52.

Como visualizar o eclipse?

Foto: Reuters
Parte das recomendações que devem ser seguidas para poder visualizar o eclipse solar sem ter a visão afetada é não vê-lo sem proteção, porque causa queimaduras graves nas retinas. Nem deve ser visto através das nuvens ou o reflexo da água, já que a a luz ultravioleta chega durante a fase parcial do eclipse.


A única maneira segura de visualizá-lo é indiretamente, por meio de uma folha de papel que é feita um buraco e colocada na frente do Sol. A imagem do eclipse será visualizada na segunda folha.
Nunca olhe diretamente para o Sol
(Com informações da Telesur).
Convite: Inscreva-se em nosso canal do Youtube

Sala de Aula

Uma possibilidade de investigação para se realizar em sala de aula sobre o eclipse é exatamente tentar responder por quais motivos o fenômeno é visto de forma diferentes em determinadas partes do mundo, uns de forma "total" e outros de forma "parcial" e outros lugares nem mesmo conseguem ver o eclipse. E você, já sabe a resposta? Deixe seu comentário aqui em nossa página.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maria se transforma em furacão rumo às Antilhas e a Porto Rico

Pesquisa mostra redução de nuvens de chuva em trecho da BR-163, no Pará

DAVID HARVEY: 9 LIVROS PARA DOWNLOAD