Postagens

Uma aula de Paulo Freire para o Dia do Professor

Sala de aula é vandalizada com frases apoiando ditadura e contra gays

Uma sala de aula da área de comunicação da Fundação Armando Álvares Penteado (Faap) sofreu um ataque de vandalismo ao ter frases de apoio a ditadura, homofóbicas e de teor machista escritas em suas paredes e louças. No local estava exposta, por exemplo, uma bandeira com as cores do arco-íris, símbolo do movimento LGBTI (Lésbicas, Gay, Bissexuais, Transgênero e Intersexuais), com os dizeres “love is love” (amor é amor), em uma tradução livre. Sobre o objeto foi escrito “tapa na cara das puta” e “falta de surra”. Em uma lousa foi grafado “intervenção já, Ustra herói brasileiro”, em referência a Carlos Alberto Brilhante Ustra, ex-militar reconhecido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo como responsável por torturas praticadas no período da ditadura militar no Brasil. Também foi escrito “higienização já, esquerda fede”. Foram encontradas ainda as inscrições “17 neles” e “ele sim”, em oposição ao movimento “#ele não”, mobilização contrária ao candidato Jair Bolsonaro e que ganhou repercu…

O protecionismo estadunidense

Imagem
O país que defende o liberalismo (para os outros) acaba de reaafirmar o ditado que diz "façam o que digo, mas não façam o que faço". Para os Estados Unidos a política do Estado mínimo só serve se ele (os EUA) tiverem alguma vantagem,, caso contrário o que praticam (sem defender para o resto do mundo) é exatamente um Estado controlador e regulador da economia.
Prova desse Estado mínimo às avesssas é o mais novo pacote de tarifas no valor de US$ 200 bilhões impostas pelos Estados Unidos para a China que entrou em vigor hoje (24) e ameaça aumentar ainda mais a guerra comercial entre ambas as potências.
Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, há uma semana ordenou a imposição destas tarifas - de 10% no valor de US$ 200 bilhões - a produtos chineses. Não há como negar que Estados Unidos e China estão em ativa guerra comercial e pelas ações do governo americano não existe, no horizonte próximo, uma indicação de que esta política intervencionista e protecionista irá se revert…

O consumismo na infância

Imagem
Uma discussão importante, diria que importante e necessária dentro do ambiente escolar é sobre o tema consumismo na infância. Consumismo não é a mesma coisa que consumo. Consumismo é a prática de um consumo ilimitado de bens duráveis, especialmente de artigos supérfluos, ou seja, daquilo que na dúvida, não precisamos. Em resumo, é a prática de comprar em demasia.
Engana-se quem pensa que esta é uma atitude presente apenas no comportamento de adultos, pois as crianças e adolescentes também estão expostos e não é exagero afirmar que eles são, inclusive, mais vulneráreis à ações midiáticas que levam as pessoas à prática do consumismo.
Com não é possível fugir de internet e televisão é importante refletir e provocar debate de como a rotina da criança é administrada.
Geralmente distante da supervisão direta de um adulto a criança é constantemente influenciada por apelos de agências de publicidade que buscam criar pseudo-necessidades com o objetivo final de ampliaçâo de práticas de consumi…

Supremo Tribunal Federal proíbe prática do ensino domiciliar no País

Imagem
Por maioria, o Supremo Tribunal Federal (STF) O Supremo Tribunal Federal (STF) não autorizou a possibilidade de haver o ensino domiciliar no Brasil, conhecido tambem por homeschooling, ou seja, que alunos possam ser educados em casa, sem a necessidade de frequentar a escola.

Esse julgamento, finalizado na quarta-feira desta semana (12), foi marcado por três correntes de entendimento sobre o tema, mas a maioria considerou que o ensino domiciliar precisaria ser regulamentado pelo Congresso Nacional, e não pela Suprema Corte. Como o caso julgado tem repercussão geral, a decisão terá de ser seguida por todos os juízes do País. O julgamento teve uma única posição favorável à prática, a do relator Luis Roberto Barroso; houve um grupo pela corrente que considera o ensino domiciliar inconstitucional; e uma ala de ministros que entendeu que o parlamento seria o local adequado para discutir a prática - posição vencedora.

Nesse sentido, mesmo com a proibição do STF, ainda ha uma possibilidade de r…

Educação de gênero na escola previne feminicídios, dizem especialistas

Imagem
A educação para a igualdade de gênero nas escolas é essencial na prevenção da violência contra a mulher. A afirmação é da subprocuradora-geral da República, Luiza Cristina Frischeisen. “É impossível chegar a patamares razoáveis de violência sem que nas escolas, desde a educação infantil, haja um preparo para a igualdade de gênero”, disse ela durante audiência pública no Senado sobre os 12 anos da Lei Maria da Penha. Para a subprocuradora, o machismo ainda é naturalizado no Brasil e pode evoluir para violência psicológica, lesão corporal e até homicídio. “Muito da violência doméstica está aliada à perspectiva de que o homem é dono da sua mulher, filha, da entenda, da sobrinha, daquela menina que tá no ponto de ônibus, na escola... Há que se ter educação de gênero e isso começa na escola e passa para a família, para que as meninas sejam consideradas sujeitos de direito e não coisas”, ressaltou.


Outro ponto que precisa de atenção, na opinião de Luiza Cristina, é a formação de abrigos e …

Relator no STF vota a favor do ensino em casa

Imagem