Nova Anã Marrom é descoberta

Imagem
Nova anã marrom é encontrada pela NASA através de um projeto de astronomia amadora.
A Nasa mantém vários projetos e um deles é formalmente conhecido como WISEA J110125.95 + 540.052,8. O nome é estranho, parece mais uma senha boa para redes sociais, mas trata-se de um projeto onde voluntários ajudam na descoberta de novos corpos celestes.
Rosa Castro terapeuta durante o dia e astrônoma amador, se juntou ao projeto de ciência cidadã Backyard Worlds: Planet 9, financiado pela NASA (esse do nome estranho). Em sua casa, de noite, terminou seu jantar, abriu seu laptop, e descobriu um novo objeto que não era nem planeta nem estrela.  Ela iria se tornar um dos quatro voluntários para ajudar a identificar primeira anã marrom do projeto mantido pela Nasa.
Tem cerca de duas décadas desde que os pesquisadores descobriram as primeiras anãs marrons, e que a comunidade científica abriu os olhos para esta nova classe de objetos entre estrelas e planetas.
Embora sejam tão comum como estrelas e forma …

Ministro da Educação será ouvido sobre reforma do ensino médio




A comissão mista que analisa a reforma do ensino médio, prevista na Medida Provisória (MP) 746/2016, fará duas audiências públicas nesta segunda-feira (28) para discutir o tema. Entre os convidados, está o ministro da Educação Mendonça Filho. Os debates poderão ser acompanhados pela internet, por meio do Portal e-Cidadania.
A proposta enviada pelo Executivo ao Congresso amplia de 800 para 1.400 horas a carga horária mínima anual do ensino médio; torna optativas algumas disciplinas e implementa a política de tempo integral nas escolas. A MP também torna obrigatório o ensino da língua inglesa a partir do sexto ano do ensino fundamental.
Para a reunião marcada para 10h, foram convidados três ex-ministros da Educação: Fernando Haddad, Renato Janine Ribeiro e Aloizio Mercadante. No encontro das 14h, estão previstas as participações do atual ministro da Educação, Mendonça Filho, e do ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira.

Relatório

Na terça-feira (29), a comissão volta a se reunir, às 10h, para apresentação do relatório do senador Pedro Chaves (PSC-MS). O texto ainda não foi liberado, mas ele já informou que deve inserir mudanças em relação à proposta original a partir das manifestações de entidades e parlamentares durante as audiências públicas.

Fonte: Agência Senado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corrente exagera ao comparar remunerações de professores e políticos

Nota da CNTE contra a BNCC

O desenvolvimento do Sahel