Postagens

Terceirização: Desenharam e animaram

Às vezes quando alguém não compreende algo a pessoa que tenta explicar diz (usando de uma certa pitada de sarcasmo e ironia) "entendeu ou quer que eu desenhe? No caso da terceirização creio que muitos ainda não entenderam, então vai o desenho, desenho animado.


O filme aborda um aspecto dos interesses empresariais na terceirização do trabalho. Outro aspecto não apontado, mas que deixa subentendido, é a precarização do trabalho com menos direitos e menores salários pagos para os trabalhadores dos países menos desenvolvidos para realizar uma mesma atividade produtiva.
O professor pode aproveitar esse tema para discutir com seus alunos a categoria Trabalho. Um texto já publicado aqui no Geografia Escolar pode ajudar na discussão sobre Terceirização do Trabalho. Deixem seus comentários sobre os resultados de suas aulas ou abordagens sobre essa temática. Socialize com nossos leitores suas observações. 😉

MEC vai analisar contribuições ao novo currículo do ensino médio

Imagem
O Comitê Gestor da Base Nacional Curricular Comum e Reforma do Ensino Médio deve começar na próxima segunda (27) a analisar uma nova rodada de contribuições à Base Nacional Curricular Comum do Ensino Médio. Segundo o coordenador-geral de Ensino Médio do Ministério da Educação (MEC), Wisley João Pereira, o governo trabalha com a expectativa de enviar a base ao Conselho Nacional de Educação (CNE) até o fim do ano.
Pereira participou hoje (23) do seminário Os Desafios do Ensino Médio, na Fundação Getulio Vargas (FGV), e destacou que essa nova etapa de análises será feita com base na reforma do ensino médio, sancionada em fevereiro pelo presidente Michel Temer. Proposta como medida provisória pelo governo em 2016, a reforma já tinha força de lei desde setembro, mas ainda depende da definição da base curricular para ser implementada.
"A Base Nacional Curricular do Ensino Médio, podemos dizer, estava em um estacionamento, esperando a definição da reforma do ensino médio, porque muito …

[Para discutir] Terceirização do trabalho

Imagem
A fala do senador Paulo Paim (PT-RS) proferida nesta última quinta-feira (23) e publicada pela Agência Senado pode servir de referência para o início de uma discussão sobre o tema Terceirização nas aulas de geografia.
Seria interessante introduzir ou consolidar a discussão da categoria Trabalho. O tema permite que o professor proponha uma discussão ampliada fazendo uma abordagem sobre a Divisão Internacional do Trabalho (DIT), a especialização produtiva dos países e das regiões na intensificação das trocas. Que sofreu e sofre influência dos processos da globalização onde a especialização das funções econômicas é um de seus reflexos.
O senador Paulo Paim (PT-RS) lamentou a aprovação pela Câmara dos Deputados do projeto que permite a terceirização em todas as áreas das empresas. Segundo ele, os deputados quebraram um acordo que havia entre as duas Casas legislativas de aguardar a análise de um outro projeto sobre terceirização, o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 30/2015, do qual é relato…

[Para discutir] Integração Latino-Americana

Imagem
Acordo abre portas a empresas brasileiras no Peru
Aprovado pelo Senado ontem, pacto inédito facilita competição de empresas brasileiras em mercado de compras do governo peruano
Empresas brasileiras poderão ter acesso facilitado a um mercado de US$ 13 bilhões anuais, que são as compras públicas do governo peruano. A possibilidade é prevista em acordo entre o Brasil e o Peru, objeto de projeto aprovado pelo Plenário ontem e encaminhado à promulgação (PDS 37/2017).
Para o relator, senador Armando Monteiro (PTB-PE), trata-se de um acordo inédito que está servindo de referência para negociações com outros países. Por meio do pacto, empresas brasileiras são autorizadas a atuar no Peru em condições de igualdade com companhias provenientes de países da Parceria Transpacífico (TPP) e da Aliança do Pacífico.
Trump determina saída dos EUA de acordo comercial com países do Pacífico
Armando explica que o Peru exige depósito prévio de 5% da capacidade máxima das empresas brasileiras interessadas em …

Palestra: O Brasil Meridional

Imagem
Carlos Augusto de Figueiredo Monteiro fala sobre a importância da obra de Delgado de Carvalho - O Brasil Meridional - tradução de Ana Gallotti Mamigonian.

Este vídeo foi registrado no auditório do CFH/UFSC na véspera em que Carlos Augusto de Figueiredo Monteiro completa 90 anos.

Dia Mundial da Água e o banho de 10 minutos

Imagem
Hoje dia 22 de março é comemorado o dia mundial da água, mas será que há motivos para comemorar?
Um dia importante para refletir sobre os usos da água por todo o planeta que neste momento passa por uma situação de degradação em vários partes do mundo.
Cuidar da água é uma ação possível de ser realizada por cada um de nós. Não falo somente da economia no uso doméstico da água aliás, sabe-se que o maior consumo não está no uso doméstico e sim no agrícola, no caso brasileiro, o uso doméstico é ainda inferior ao uso industrial/comercial. 
O que podemos fazer para ajudar na proteção das águas do planeta não é diminuir o tempo do banho ou escovar os dentes com a torneira fechada, isso é válido apenas para as campanhas sensacionalistas da grande mídia ou de alguns governos.
Imaginem quantas torneiras o "acidente" (ou crime?) de Mariana foram fechadas e quantos banhos foram interrompidos? E qual o papel da sociedade neste caso?
Se por um acaso lhe fosse dado o "pode da caneta&…

Mais de 22 mil professores ameaçados por estudantes

Imagem
Mais de 22,6 mil professores foram ameaçados por estudantes e mais de 4,7 mil sofreram atentados à vida nas escolas em que lecionam.  Os dados são do questionário da Prova Brasil 2015, aplicado a diretores, alunos e professores 5º e do 9º ano do ensino fundamental de todo o país.
As respostas aos questionários mostram que há um cenário de violência nas escolas. As agressões não ocorrem apenas com professores e funcionários, mas também entre estudantes. A maioria dos professores (71%), o que equivale a 183,9 mil, disse ter ocorrido agressão física ou verbal de alunos a outros estudantes da escola.
Mais de 2,3 mil professores afirmaram que estudantes frequentaram as aulas com armas de fogo e mais de 12 mil disseram que havia alunos com armas brancas, como facas e canivetes. Muitas vezes, havia nas aulas estudantes que tinham bebido, segundo 13 mil professores, ou usado drogas, de acordo com 29,7 mil.
Ao todo, 262,4 mil professores responderam aos questionários.



O que é preciso saber é que e…