MASSACRE DOS PROFESSORES, DIZ SENADORA

Fátima Bezerra critica reforma da Previdência: 'massacre dos professores'
Foto: Pixabay
A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) criticou, nesta quarta-feira (22), em Plenário, o fim da aposentadoria especial para os professores, incluído na proposta de reforma da Previdência do governo Temer, que ainda tramita na Câmara. Segundo a senadora, trata-se de um “massacre”, devido às péssimas condições de trabalho dos professores. Ela disse que os senadores não podem deixar o projeto ser aprovado como está.


— (A reforma da Previdência) acaba com a aposentadoria especial. E eu sempre tenho dito: isso não é privilégio. Essa é uma questão de proteção social, de direito, de uma nação reconhecer o papel estratégico que tem uma categoria como os profissionais de educação no desenvolvimento da sociedade — afirmou a senadora.

Fátima Bezerra também elogiou Cuba, que visitou na semana passada para a 26º Feira Internacional do Livro em Havana. A senadora ressaltou o fato de o país ter dado prioridade à educação e ser um território livre do analfabetismo. Para a senadora, valorizar os professores, com a aposentadoria especial, faz parte da estratégia de um país que se preocupa com a educação. (Fonte: Agência Senado)

Você concorda com o fim da aposentadoria especial do professor? Deixe sua opinião nos comentários deste Blog.

Comentários

  1. Aposentadoria especial é questão de saúde para o professor. Vale lembrar q hj na rede pública o professor do se aposenta com cinquenta anos no mínimo e 30/25 anos de contribuição, mesmo assim muitos adoecem.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário.

Postagens mais visitadas deste blog

70 milhões de anos em 2 minutos: a formação do Himalaia

Violência nas escolas não é caso de polícia, afirmam especialistas